Data Lake: conheça 4 dicas para implementar em seu negócio

Data Lake
4 minutos para ler

Você sabe o que é um Data Lake? Data Lake é uma tecnologia voltada exclusivamente para o armazenamento e processamento de grandes volumes de dados.

Elas são otimizadas para reter informação e oferecer um custo-benefício melhor para os negócios, oferecendo tudo o que você precisa para começar a trabalhar com BIG Data e Analytics.

Entre os diferenciais do Data Lake está a capacidade que esses repositórios têm de trabalhar com tarefas simultâneas ilimitadas. Isso faz com que sejam mais eficientes para a tomada de decisões guiada por dados. Mas como é possível criar um desses repositórios na sua empresa e o que você precisa saber para fazer isso?

Confira o passo a passo para implementar a Data Lake no seu negócio!

1. Escolha uma solução de Data Lake

Para começar a implementar um Data Lake em sua empresa será preciso escolher uma solução. Recursos como Data Lake on AWS, Amazon, reduzem drasticamente o valor do investimento inicial e oferecem uma solução completa para que as organizações possam se beneficiar dos Data Lakes.

Os custos, como em outros servidores de nuvem, são escalados para a quantidade de informações e de aplicações que são processadas.

2. Identifique a origem dos dados

De onde sairão os dados que ficarão armazenados no Data Lake? Identificar a origem deles é muito importante, já que é preciso integrar as fontes de dados com a solução escolhida para fazer o armazenamento das informações e saber sua origem é muito importante, já que a LGPD entrará em vigor no Brasil em 08/2020.

Observar a fonte dos dados também é relevante para definir se eles serão limpos antes de serem armazenados ou se serão apenas transportados para o Data Lake.

3. Automatize os processos de Data Lake

Como você fará o transporte dos dados de onde eles estão armazenados hoje para o recém-criada Data Lake?

Estabelecer processos consistentes faz uma grande diferença no quão eficiente será a transição e, por isso, é algo com que você deve se preocupar ao longo da criação do Data Lake.

Automatizar a tarefa é a maneira mais atraente de transpor todos os dados sem ocupar vários membros da equipe. Indique um funcionário para implementar a automação e supervisionar a tarefa.

4. Preocupe-se com Governança de Dados

Como a sua empresa enxerga Governança de Dados hoje?

Depois de configurar a ferramenta de Data Lake e transmitir os dados para lá é preciso garantir que eles estão seguros e podem ser acessados por quem mais precisa deles. É isso que faz com que uma Data Lake seja um investimento para as empresas e não um gasto: praticidade.

Implementar políticas de Governança de Dados que facilitam o uso da ferramenta será um desafio em particular. Verifique se a sua equipe conta com membros especializados nesse assunto e os inclua na conversa.

Lembre-se também de considerar a nova Lei Geral de Proteção de Dados para segurar sua Data Lake.

Empresas que lidam com grandes volumes de dados podem se beneficiar da agilidade, eficiência e do baixo custo relativo dos Data Lakes.

Utilize as dicas que aprendeu aqui para descobrir se o seu negócio está pronto para implementar essa solução e busque um profissional especializado para instruí-lo sobre as particularidades na criação de um Data Lake.

Gostou de conhecer os passos para implementar um Data Lake em sua empresa? Quer conferir mais materiais, guias e workshops que ajudarão você a ter sucesso nessa empreitada? Fale agora mesmo com a equipe da Academia In1 e conheça nossos cursos!

Ebook Inteligência de MercadoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-