Big Data para PMEs: é possível usar a tecnologia nos negócios?

4 minutos para ler

A coleta de dados relacionados ao seu segmento e público é crucial para as organizações de pequeno e médio porte terem um diferencial competitivo e estratégico no mercado. Nesse sentido, o Big Data para PMEs é um investimento essencial para as empresas crescerem e prosperarem por meio da inovação.

Assim, é possível adquirir e analisar dados valiosos com extrema velocidade e direcionar as tomadas de decisão das empresas com base em padrões, tendências e expectativas comportamentais do público-alvo do negócio.

Quer saber como a inovação e a tecnologia podem ser usadas para trazer benefícios consideráveis às finanças de organizações de pequeno e médio porte e, ainda, destacar seus serviços no mercado competitivo? Então, veja as vantagens que listamos sobre esse assunto, a seguir!

Otimiza a logística da empresa

Para organizações que trabalham com logística, o Big Data possibilita elaborar rotas de entrega mais econômicas, agilizar o tempo de delivery e reduzir custos com combustível e manutenção da frota.

O tratamento de dados operacionais da organização pode gerar, por meio de algoritmos e localizadores —que são capazes de exibir o tráfego em tempo real —, as melhores rotas em determinado período do dia, as combinações de entrega que melhoram seu desempenho, além de fornecer informações sobre a temperatura ideal para melhor conservar os produtos a serem entregues.

Aprimora a experiência no varejo físico

O Big Data para PMEs possibilita aprimorar a experiência de compras dos consumidores da marca nas lojas físicas. A tecnologia pode ser usada para prever tendências de consumos dos clientes, possibilitando tomar decisões sobre a ordenação de produtos e melhorar as estratégias de estocagem.

Também é possível otimizar os preços por meio de ferramentas, como o Google Analytics, que possam ajudar os revendedores a obter um lucro ainda maior, rastrear transações, custos, concorrentes e outras variáveis.

As informações obtidas com o Big Data permitem que as empresas antecipem demandas com alta precisão, mapeando a necessidade do seu público-alvo sobre determinado produto ou serviço.

Além disso, a tecnologia ajuda os varejistas na análise de clientes, elaborando um perfil de consumidor ideal. Isso auxilia as organizações a atrair um público ainda maior com as ações de marketing mais efetivas e direcionadas.

Reduz as taxas de saída de clientes

Perder clientes acaba sendo um custo muito alto para as PMEs, mas o Big Data é capaz de minimizar esse fluxo por meio da mineração de dados. As soluções propostas dialogam com diversas aplicações, que podem capturar dados do SAC da organização, da CRM, do cadastro de clientes, do sistema de informações de compras, das citações da empresa em redes sociais etc.

O cruzamento dessas informações com inúmeros recursos estatísticos é capaz de gerar dados sobre as principais tendências e indicações de quais consumidores estão prestes a cancelar os seus serviços, dando mais tempo para que a empresa contorne essa situação.

O Big Data para PMEs é um investimento com ótimo custo-benefício para as empresas conquistarem ainda mais o sucesso no mercado e contar com um diferencial competitivo que possibilita destacar o negócio para o seu público. É importante que os gestores tenham o conhecimento de que as soluções de Big Data têm um retorno garantido, diferente das estratégias tradicionais, fortalecendo a relevância desse investimento para o negócio.

Gostou deste texto? Então, aprofunde o seu conhecimento sobre o assunto e baixe o nosso e-book sobre as melhores práticas de inteligência de mercado. Boa leitura!

Ebook Inteligência de MercadoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-