Análise de dados e carreira: por que ter o domínio das ferramentas?

Análise de dados e carreira: por que ter o domínio das ferramentas
4 minutos para ler

O Big Data, Analytics e outras ferramentas similares estão revolucionando o mercado. As aplicações desses recursos às necessidades dos diferentes setores da economia fazem com que o conhecimento em análise de dados e carreira em TI estejam estreitamente ligados, valorizando o profissional e proporcionando o acesso a oportunidades incríveis.

Por isso, se você sente a necessidade de se especializar, mas quer escolher uma área em alta, precisa conhecer melhor a atuação dos profissionais que lidam com a análise de dados. 

É por esse motivo que vamos falar como se preparar para atuar nesse mercado, o que esses profissionais realmente fazem no dia a dia, quais são as habilidades requeridas e como você pode ficar antenado às tendências. Preparado para começar? 

Formação

A análise de dados tornou-se tão importante para o mercado que estão começando a surgir profissões relacionadas a ela. Por isso, termos como Cientista de Dados, Analista de Dados, Engenheiro de Dados e Arquiteto de Dados são carreiras em alta, extremamente valorizadas — e seus profissionais estão no radar dos recrutadores. 

Na maioria das vezes, essas pessoas possuem uma graduação na área de exatas. Entre as formações mais comuns, estão os matemáticos, estatísticos, analistas de sistemas e cientistas da computação. 

No entanto, além da formação inicial, é possível investir em cursos específicos para lidar com a área de Business Intelligence e garantir um diferencial profissional muito importante para o currículo.  

Funções

No dia a dia, esses profissionais fazem a gestão e análise de dados com o objetivo de tornar os processos de uma empresa mais eficientes, promover a rentabilidade, evitar riscos e obter insights que podem contribuir com a expansão do negócio. 

Em outras palavras, cabe a eles analisar grandes bancos de dados, enxergar tendências de mercado e, a partir dessas informações, apontar soluções para estratégias em várias áreas da companhia. 

Atuação no mercado

Foi-se o tempo em que as máquinas eram apenas instrumentos para executar o que o pensamento humano determinava. Hoje a situação se inverteu: as máquinas “pensam” e fornecem dados fundamentais à tomada de decisões. 

Esse tipo de revolução no mundo dos negócios está apenas começando. Com a tendência do data-driven, o BI deve ter uma influência cada vez maior na gestão de negócios. Por esse motivo, muitas empresas estão criando áreas de inteligência e mercado, como o Customer Relationship Management (CRM) e Database Marketing (DBM). 

Nesse contexto, o profissional que trabalha com análise de dados tem não só um espaço garantido. Ele faz parte de um seleto grupo que tem uma remuneração alta mesmo diante de cenários econômicos desfavoráveis a outras profissões. 

Habilidades essenciais

É fundamental que o profissional da área saiba utilizar as ferramentas de BI e Big Data. Além disso, ele precisa ter um bom raciocínio lógico e conhecimento profundo dos processos.

No entanto, é preciso ter características adicionais, como uma boa visão estratégica. Não basta olhar os números: é necessário identificar as oportunidades reveladas por essas informações para prever tendências e apontar direções que levem ao crescimento e lucratividade.

Além disso, um cientista de dados precisa se relacionar bem com pessoas. Os insights que ele percebe são utilizados por outras áreas de negócio da empresa ou pelos clientes. Portanto, ele precisa ter habilidades interpessoais para estabelecer uma parceria produtiva com esses departamentos. 

Como ficar antenado ao mercado: 

O profissional que deseja se aprofundar na área pode começar realizando cursos. Essa formação é essencial para se familiarizar com os conceitos e práticas da área, bem como fontes constantes de inovações.

Como trata-se de uma área nova, muita coisa surgiu e ainda vai surgir. Portanto, prepare-se para ler bastante, pesquisar sobre o assunto e conversar com pessoas que já atuam na profissão.

Também é importante entender como a empresa em que o profissional está inserido funciona como um todo. Esse conhecimento permite saber como aplicar a análise de dados à necessidade dos diversos departamentos — e pode contribuir para alavancar resultados.  

Agora você já sabe por que análise de dados e carreira em TI andam juntas e podem garantir um futuro brilhante. Ainda ficou com alguma dúvida? Faça sua pergunta para nós no espaço reservado aos comentários!
Ebook Inteligência de MercadoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-